quarta-feira, 24 de março de 2010

Dia de feira

Saí de casa hoje e vou para a feira. Vida de dona de casa não é fácil não. E ainda tem gente que diz que não trabalhamos. Filho - então - é uma ingratidão só. Que falta de reconhecimento!

__Minha mãe não trabalha. Ela é dona de casa.

Ai que raiva! Vou botar o moleque pra lavar e passar roupa, fazer comida e limpar a casa. Aliás ele já faz algumas coisas. Tem lá suas tarefas. Mas ainda bem que uma vez por semana, a Salete - a diarista - vem me ajudar com a faxina mais pesada. Enfim...

Na feira, sempre gasto mais do que eu preciso. Também, o seu Toninho é uma praga. Na barraca de frutas e verduras ele convence qualquer pessoa a levar até jaca. Uia! Até que o sabor é bom, mas é muito pegagosa.

__Bom dia, dona Creide, o que vai ser hoje?
__Bom dia seu Toninho. Hoje vou levar só o que preciso: pimentão, cebola, alho e um pouco de vagem.
__Mas as frutas tão lindas hoje, dona Creide. Dá uma olhada na lichia. Chega tá brilhando.
__Não começa seu Toninho. Hoje vou gastar no máximo 15 reais.
__Tudo bem dona Creide... mas prova uma lichia. Tá docinha demais.
__É verdade, bem saborosa mesmo.
__Prova outra dona Creide. E pra senhora eu faço por 2,90 o quilo.
__Tá bom. Você me convenceu. Vê um quilo pra mim. E pega um quilo de vagem, três pimentões um de cada cor: verde, amarelo e vermelho, meio quilo de cebola - quero das pequenas - e umas cinco cabeças de alho.


Seu Toninho é muito ágil e empacota tudo o que pedi.

__Dona Creide, a senhora viu essa couve. Olha que folhas durinhas. O verde dá gosto. Imagina isso, refogado com bacon, dona Creide.
__É verdade, é muito bom mesmo. O Alcides [é o traste do meu marido] bem que disse outro dia que queria que eu fizesse couve pra acompanhar uma feijoada. Então, pega um maço pra mim seu Toninho que vou fazer amanhã que é sábado.
__E essa abobrinha dona Creide, olha que coisa fina. Essa veio de um produtor especial. Isso refogado com queijo fica uma delícia.
__É verdade, eu vi uma receita na Ana Maria Braga que deu água na boca. Pega cinco desse tamanho
[aponto para uma abobrinha].
__A senhora não vai levar banana hoje?
__É verdade, sabe que tá faltando lá em casa. O Alcides Junior adora a fruta e como ele tá crescendo... Pega meia dúzia, seu Toninho.
__Dona Creide, olha essas laranjas. Vem do situo de um japonês que eu conheço há muito tempo. Prova essa aqui... Docinha não, dona Creide?
__Dá pra fazer um suco muito gostoso. Faz o seguinte, pega uns dois quilos que eu vou estrear a minha juicer. Ela é rápida e muito prática, seu Toninho.
__Só que consome muita fruta, dona Creide. Outro dia, a molecada lá em casa gastou um saco de laranja em Três dias.
__Então põe mais um quilo dessa laranja, seu Toninho. Agora soma tudo pra mim.
__Dona Creide, a minha irmã tá fazendo um licor muito bom. Tem licença da prefeitura e tudo. Experimenta esse aqui que é de café.
__Que delícia, seu Toninho. Dá até um arrepio na garganta. E esse aqui do que é?
__De jabuticaba. Esse é um dos que mais vende.
__Seu Toninho, seu Toninho. Desse jeito eu vou gastar muito.
__Que nada dona Creide, pra senhora eu deixo por 6 reais o vidro e olhe que é de meio litro, hein.
__Embrulha os dois então, seu Toninho. E agora soma tudo pra mim.


Alguns segundos depois...

__Dona Creide, tudo deu 36 e 50. Vou deixar por 35.
__Tudo isso seu Toninho. E olha que eu vim pra gastar só 15 reais!
__É tudo de primeira dona Creide, a senhora não vai se arrepender.
__Tá bom seu Toninho. Vou dar agora 20 reais. Já peço pro Alcides Junior trazer o resto do dinheiro. Bom dia seu Toninho.
__Bom dia dona Creide e volte sempre.
Seu Toninho sabe mesmo convencer os fregueses.

__Bom dia, o que vai ser hoje freguesa?

3 comentários:

artigosemvalor disse...

eheh muito boa reinaldo
é um comerciante de primeira seu antonio

RENA TA CABRERA disse...

Feirante de converseiro convinscente! Parece até o "filho da dona Creide". rsrs Abraço Reinaldo, excelente foto, e disponha pela inspiração.

Danilo disse...

Rei, o mais engraçado é o "Alcides Júnior".