sábado, 10 de julho de 2010

Inquietudes (27) do Rei


Bolsa Família é para criar a cultura do não trabalho, mais precisamente, a cultura do vagabundo. Esse é o argumento, principalmente, da classe média que deve imperar no processo eleitoral brasileiro. E muitos defendem, que no lugar, deveria ser criado o Bolsa Emprego. Bolsa Emprego? Quem se beneficia da geração de emprego? Profissionais qualificados, com estudo e outros itens, ou seja, miserável não consegue emprego digno porque não é o publico alvo do empresariado, que escolhe inclusive seus funcionários pela boa aparência. Coitados dos feiozinhos. Então quer dizer que emprego gera riqueza, mas não desconcentra, obrigatoriamente, a renda.

É preciso fortalecer os programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, qualificando seus beneficiários para que possam andar sozinhos. Quem afirma que o Bolsa Família é esmola deve esquecer o quanto o dito setor produtivo se beneficia com as ações do governo, que o diga o Sistema S. Afinal empresário liberal quer a ausência do estado na regulação do mercado. Isso quando ele lucra, e muito. Quando há crise econômica, o empresariado é o primeiro a pedir socorro aos cofres públicos, ameaçando demitir funcionários. Assim é fácil defender o estado mínimo.

5 comentários:

This disse...

Rei, é a primeira vez que vou discordar de você, porque não acredito na Bolsa Família como cultura do vagabundo. Eu sei porque venho de uma família Muito - MUITO - humilde e cresci aos poucos, graças a gente que acreditou em mim.

Reinaldo C. Zanardi disse...

This, talvez não tenha ficado claro. O Bolsa Família como cultura de vagabundo é um argumento do senso comum, principalmente, da classe média. Eu não concordo com essa afirmação. Eu disse que ela vai fazer parte do processo eleitoral. Acredito muito nesse programa como instrumento de resgate da cidadania e da dignidade. Se empresário tem benefícios do governo, pobre também deve ter. Espero ter deixado mais claro porque estamos falando a mesma coisa. Bjos.

This disse...

Ah! Agora sim, entendi, Rei =D

Sorry, foi falta de atenção minha - faz dias que o meu cérebro me deixou.

Mudei o domínio do blog! Estava buscando um recomeço, porque encerrei uma fase da minha vida e comecei por aqui. Agora o singelo domínio é:

www.coracaoalheio-terraqueninguemhabita.blogspot.com

O mesmo blog, só muda o domínio. Se quiser substituir na lista dos seus recomendados, eu agradeço, porque o outro não existe mais!
Beijo enorme!

Guilherme Palma disse...

eu concordo Reinaldo. é importante, o pobre tem que ter recursos do governo e a bolsa familia tem que continuar, porém ela deve ser fiscalizada, melhor distribuida. e a falta de emprego ainda deve ser uma prioridade, senão o pobre fica cada vez mais dependente de um recurso como esse.
por enquanto continua sendo a velha política do pão e circo para garantir votos.

Guilherme Palma disse...

falando em pão e circo, o circo já esta armado para 2014
rss
abraço Reinaldo