sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Ah! essa televisão

Em época de final de ano, a televisão se supera. Exibe programas e reportagens que repetem as fórmulas do ano passado, do ano anterior, do ano anterior, do ano anterior, do anterior... enfim! E o pior, é que a gente assiste.

__Veja as dicas para não cometer gafes no presente do amigo secreto.

__Espumante ou frisante? Veja as diferenças para não fazer feio no fim de ano.

__Aprenda a fazer um peru recheado, macio e - o melhor de tudo - saboroso.

__Vai viajar? Faça uma revisão do carro para não ficar na estrada.

__Veja o que usar na ceia de Natal. Dicas para ela e para ele. 

E a repórter pega o barco com um grupo de voluntários para distribuir brinquedos para crianças em comunidades distantes, que sobrevivem do que a mata oferece. Papai noel magrelo está à caráter. Travesseiro na barriga, barba longa e desfiada, gorro esfolado e o típico casaco vermelho. O voluntário noel assa a 40ºC na subida da barranca do rio. A criançada delira com bolas, bonecas e carrinhos de plástico com rodas que não giram. A repórter pergunta a um menino.

__Você gostou do presente?

À pergunta cretinamente óbvia, uma resposta inocentemente óbvia. Ai se em vez de espírito natalino, o moleque fosse tomado pelo espírito de porco. Ele poderia responder.

__Não! Detestei! Mas como é de plástico, vou levar esse carrinho pra casa e reciclar.

Nenhum comentário: