terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Inquietudes (54) do Rei

O politicamente correto pode ser chato, mas a criação de padrões é pior porque é perversa. Ela exclui e não respeita as diferenças.

Um comentário:

Guilherme Palma disse...

eu ach oque tem que ir devagar, tem que ter limite. o politicamente correto com o tempo vai se tornando um cabresto que vai acabando com a liberdade