sexta-feira, 4 de março de 2011

Inquietudes (57) do Rei

Por que fingir virtudes que não se tem?
Por que manifestar bons sentimentos que não existem?
Por que afirmar devoção religiosa quando não se tem fé?
Por que mostrar compaixão inexistente?
Por que fingir?
Porque a verdade assusta até seus donos.

Nenhum comentário: