quinta-feira, 23 de junho de 2011

Revista de branco

Um dia na sala de aula surgiu o assunto das revistas segmentadas. E o exemplo não poderia ser melhor, a revista Raça.

Alguém diz que o mérito da publicação é ser voltada para o segmento negro, enquanto público alvo e consumidor.

Outro complementa que o mérito acaba aí porque o conteúdo editorial da Raça repete as pautas fúteis das revistas de brancos.

__Como assim professor? Não existe uma revista para brancos! Espantam-se outros.

__Existe sim.
__Eu nunca vi.
__Quer um exem...
fui interrompido. Alguém responde no meu lugar.

__Claro que existe. Caras, Cláudia, Capricho, Boa Forma, VIP. Isso para citar umas poucas. São todas revistas de branco para brancos.

__Alguma dúvida?


Ninguém responde.

Fim da aula.

Um comentário:

Tânia Braga Guimarães disse...

Exato. Brancos de classe alta, diga-se de passagem.
Abç
@taniabraga