domingo, 11 de setembro de 2011

Terror de quem mesmo?

11 de setembro de 2001. As Torres Gêmeas são derrubadas.

11 de setembro de 2011. O mundo homenageia os quase 3 mil mortos nas Torres Gêmeas.

Homenagem a trabalhadores das empresas que tinham sede nas Torres.

Homenagem a visitantes anônimos, que continuarão anônimos.

Homenagem a bombeiros que morreram no ofício do trabalho.

Na "guerra contra o terror" (terror de quem mesmo?), os EUA invadiram o Afeganistão e, depois, o Iraque.

Segundo estimativas, o governo norte-americano teria gasto, entre 2001 e 2010, cerca de US$ 1,15 trilhão com a guerra contra os dois países.

Somente no ano passado, US$ 687 bilhões foram consumidos pelo  Departamento de Defesa dos EUA.

Isso representa 43% dos gastos militares em todo o mundo, durante 2010. 

As informações são de Nivaldo Souza, em texto publicado no site do Ministério das Relações Exteriores.

Durante uma década, Bin Laden brincou de esconde-esconde e foi morto, providencialmente, no ano do 10º aniversário do atentado às Torres Gêmeas.

Durante uma década, as armas de destruição em massa de Saddam Hussein foram procuradas e não foram encontradas.

Saddam Hussein foi enforcado num espetáculo de terror contra o terror. Terror de quem mesmo?

Na guerra contra o terror (terror de quem mesmo?) os Estados Unidos e seus aliados fizerem centenas de milhares de vítimas.


Já a organização Iraq Body Count afirma que somente no Iraque foram mortos quase 112 mil civis.

11 de setembro de 2011.

Quem vai homenagear os civis mortos no Afeganistão e no Iraque?

Um comentário:

Irene alves disse...

Rei, concordo com você, Mas acho que o 11 de setembro de 2001 mudo o jeito de muitas pessoas olharem o mundo e acredito que os Estados UNidos deviam aaprender alguma coisa coisso, não sei se aprenderam.