segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Inquietudes (106) do Rei

Vida, dignidade e cidadania valem pouco quando o estado é incompetente, o mercado é insensível e a sociedade é indiferente.

Nenhum comentário: