sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Coisas do mercado

__Triiiiiiiiiiiiiiiiiiiiimmmmmmm.

O toque do meu telefone em casa é antigo.

__Alô! O senhor Reinaldo César Zanardi, por favor.
__Sou eu mesmo. Quem gostaria?
__Sou fulana [putz! esqueci o nome da atendente] Falo dos cartões Casas Bahia Visa, tudo bem com o senhor?
__Tudo.
__Estou ligando para oferecer o Cartão Casas Bahia, no qual o senhor terá muitos benefícios, como até 40 dias para pagar a fatura...


Benefício? Mas todos os cartões não são assim?

__...o senhor ainda pode parcelar as compras nas Casas Bahia em várias parcelas sem juros.
__Interessante.
__E além disso, o senhor pode comprar em milhares de estabelecimentos do país.
__Certo! E de quanto é o meu limite?
__Não posso informar isso para o senhor.
__Como assim?
__Não tenho autorização para dar essa informação.
__Então, como você me liga para vender algo e não pode informar o que eu terei de vantagem?
__Não tenho autorização para dar essa informação, senhor.
__E o que eu preciso fazer para saber o limite?
__O senhor tem que ligar no nú/...


Interrompo, sem a menor cerimônia.

__Espera um pouco. Você me liga para vender um produto, não pode me informar tudo que quero saber e ainda me dá trabalho porque tenho que ligar em outro serviço?
__Então, senhor...
__Estava interessado no cartão, mas perdi o interesse. Passar bem!


Tum! Tum! Tum! Tum! Tum! Tum! Tum! Tum! Tum! Tum! Tum! Tum!

Nenhum comentário: