segunda-feira, 21 de maio de 2012

Destruição é destruição

Recebo no meu e-mail pessoal um convite, no qual o PDT Nacional chama para um ato de desagravo ao prefeito Barbosa Neto, que enfrenta inúmeras acusações e ações na Justiça, tendo inclusive  secretários presos. O ato será hoje às 18h. Confira o texto do convite!

"O PDT NACIONAL CONVIDA PARA ATO DE DESAGRAVO EM FAVOR DO PREFEITO MUNICIPAL

Em razão dos crescentes ataques e denuncismos feitos ao Prefeito, o PDT Nacional por meio de suas lideranças estará em Londrina nesta segunda-feira, dia 21/05/2012, para, em ato público, manifestar repúdio a essa tentativa de desmoralização.

LEVANTA LONDRINA! ESSE GOVERNO É SEU! E É ISSO QUE QUEREM DESTRUIR!"

Destruição é uma palavra bastante adequada para o ato já que representa bem o atual momento da cidade. Outra palavra também pode ser usada: calamidade. Aliás, as Letras Crônicas já trataram disso.Calamidade, destruição. Vejamos, então!

O prefeito, quando deputado federal, em 2008, foi investigado pela Corregedoria da Câmara por ter sido acusado de apropriar-se de salários de funcionários. A acusação foi feita novamente agora em 2012 à Polícia Federal.

O procurador-geral do município Fidelis Canguçu e outras 14 pessoas foram presas na Operação Antissepsia em 2011.

O chefe de Gabinete, Rogério Ortega, e o ex-secretário de Gestão e de Governo Marco Cito, homem forte de Barbosa na prefeitura, foram presos acusados de comandar um esquema para subornar vereador em Londrina.

O presidente da Sercomtel, Roberto Coutinho, foi afastado da presidência da empresa pela Justiça. Ele é acusado de participar do esquema de suborno de vereador.

Outrora referência nacional e premiado, o programa de reciclagem de lixo de Londrina vive incertezas e um desmonte gradativo. Recicladores do programa veem o projeto sendo destruído aos poucos e, em muitos locais, os sacos verdes acumulam-se por vários dias.

Ministério Público propõe ação civil por improbidade administrativa no caso dos kits escolares.

Ministério Público propõe ação civil por improbidade administrativa por fraude em licitação da Guarda Municipal.

Conforme texto do Jornal de Londrina, Barbosa Neto "também foi denunciado por improbidade no caso de um aditivo ao contrato para a realização do réveillon de 2009 para 2010; no suposto uso na emissora de rádio de sua família dos serviços de dois vigilantes da Centronic e pagos pela Prefeitura; e em irregularidades na contratação do Instituto Atlântico para prestar serviços à Secretaria de Saúde."

Como se vê, destruição é uma palavra bastante atual para o governo municipal de Londrina. Pena que o PDT esteja usando-a de forma inadequada. Leonel Brizola deve estar ruborizado em seu túmulo.

Nenhum comentário: