sexta-feira, 8 de junho de 2012

Pombas e corrupção

"Mau cheiro, sujeira e risco de doenças graves." Essas são características atribuídas pela repórter Amanda de Santa, em matéria do Jornal de Londrina de hoje, às pombas de Londrina. As amargosinhas são um problema de saúde pública na cidade.

Conforme mostra a reportagem, o abate de 50 mil pombas - das mais de 200 mil londrinenses - está descartado pela Prefeitura de Londrina. Pelo menos por enquanto.

__O planejamento de manejo dos pombos elaborado pelo Departamento de Medicina Veterinária da Universidade Estadual de Londrina (UEL) continua engavetado no gabinete da Secretaria do Ambiente, como confirmou o próprio secretário Gilmar Pereira.

Mau cheiro, sujeira e risco grave de doenças são termos que poderiam muito bem fazer parte da abertura de outras reportagens, principalmente, as que envolvem acusação de corrupção na mesma Prefeitura de Londrina.

O mau cheiro exala das irregularidades apontadas pelo Ministério Público em licitações e processos de contratação de serviços em várias secretarias, que renderam inclusive duas comissões processantes na Câmara de Vereadores, a da Educação e a da Centronic.

Sujeira é o que se vê diariamente na imprensa por conta dos mandos e desmandos de agentes públicos. A atual administração já teve procurador-geral e chefe de gabinete presos. Ex-secretários, considerados de confiança do prefeito, também acabaram na cadeia.

Risco grave de doença corre o cidadão londrinense cujos serviços de saúde estão à deriva com o desmantelamento de programas essenciais, como o Saúde da Família, e a sanha do prefeito em atacar os médicos plantonistas dos hospitais que atendem o Sistema Único de Saúde (SUS).

No cenário de sujeira, risco de doença e mau cheiro dos agentes políticos londrinenses da administração municipal, a Zenaida auriculata não representa risco algum. Pelo contrário, a Zenaida é até elegante e simpática.

Em tempo, Zenaida auriculata é o nome científico da amargosinha ou se preferirem rolinha, como também é conhecida.

Um comentário:

Bruxices tolas disse...

Muito bem colocado. O humano é o predador do humano!!!!!!!!