quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Entre sacis e bruxas

31 de outubro é o Dia de Halloween, o Dia das Bruxas. A comemoração da data teria mais de 2.500 anos e origem celta. Apesar de ser uma festa ocidental, é nos EUA que as bruxas passeiam com bastante desenvoltura. Lá a tradição foi levada por imigrantes irlandeses.

Visto pelo prisma sul-americano, mais especificamente brasileiro, o Dia das Bruxas não deixa de ser uma festa importada dos Estados Unidos. Até crianças da periferia reproduzem o tal do "doce ou travessura". A festa, neste sentido, soa falsa, artificial mesmos. Falta à data identificação com o Brasil.

Hoje também se comemora o Dia do Saci. A data foi instituída nacionalmente, em 2005, mas alguns estados como São Paulo e vários municípios brasileiros já celebravam oficialmente a data. O Dia do Saci contrapõe-se ao Dia das Bruxas. O saci quer chutar a bruxa, mesmo com uma perna só. E sem cair sentado.

E o que os brasileiros preferem celebrar? As bruxas brancas americanas ou os sacis negros brasileiros? A data envolve muito mais que uma tradição inofensiva sem reflexão sobre a própria prática. A data envolve muito mais que um costume importado de outro país. A data envolve a cultura e a valorização das próprias tradições ou a tradição dos outros. Revela as opções que um país faz para, inclusive, reforçar a sua própria identidade.

Muitos podem alegar que esses questionamentos revelam um sentimento nacionalista ultrapassado já que a globalização e o mundo conectado eliminaram as distâncias, as diferenças e tornaram todos iguais. Doce ilusão amarga. A conexão mundial revela a cada dia que as pessoas e as nações são muito diferentes. Simples assim.

A intolerância na rede mundial - manifestada em opiniões agressivas, preconceito e discriminação - é a prova de que conviver com os diferentes é um exercício que exige grande esforço, uma realidade ainda muito distante da mera vontade de ser tolerante. 

Cada pessoa revela o que é a partir das suas escolhas.
E você escolhe o que? 

Uma bruxa ou um saci?

Nenhum comentário: