segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Fazer errado

O motorista reclama do outro que parou em estacionamento proibido e, quando pode, para no mesmo lugar.

O cidadão reclama do outro que furou a fila e - na primeira oportunidade - repete o gesto que criticou anteriormente.

O morador reclama do som alto com o síndico não para que o vizinho baixe o volume, mas para ter o direito de ouvir na mesma quantidade de decibéis.

O aluno quer contar para o professor que o colega colou, menos porque considera errado, mais porque gostaria de ter colado.

A namorada ataca a traição do namorado (ou vice-versa) e promete fazer o mesmo.

O irmão quer contar para a mãe que a irmã mentiu e, se puder, vai contar suas mentirinhas. 

Muitas vezes, as pessoas reclamam de quem faz algo errado não para praticar o certo, mas para ter o direito de fazer errado também.

Nenhum comentário: