sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Perversidade. Vingança. Sadismo.


“Circulam na internet imagens que mostram populares "torturando" um jovem acusado de assalto no bairro Dirceu Arcoverde, zona Sudeste de Teresina. No vídeo, o suspeito tem pés e mãos atados e é jogado em um formigueiro. Ele chega a pedir ajuda, mas as agressões continuam.”
As informações são do site cidadeverde.com.

A cena do suspeito de assalto amarrado, com a cara em um formigueiro, revela perversidade, vingança e sadismo.

Perversidade porque torturar acusado de assalto em um formigueiro mostra requinte de crueldade. A linha que separa a vítima do bandido sumiu. Depende de quem controla a situação.


Vingança porque justiça com as próprias mãos não é justiça. É linchamento. Quando todos querem vingança, qualquer um pode ser a vítima.

Sadismo porque os agressores gravam imagens para publicar na internet, dando visibilidade aos seus atos. Não basta torturar, tem de dar exemplo e audiência à tortura.

Torturar acusado de assalto; amarrar em poste suspeito de roubo; linchar supostos bandidos são sintomas de uma sociedade que chegou ao seu limite. 

O limite da sua condição de ser humano.

Nenhum comentário: