domingo, 6 de abril de 2014

Sonho realizado e agora?

Desde a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso, no ano passado, quando vocês ficaram sabendo da aprovação no curso de Jornalismo da Unopar, algumas palavras vieram à mente de cada um de vocês. Palavras como vitória, conquista e realização.

Outra palavra, que pode ser tomada como sinônimo neste contexto, é sonho. 

Em 2014, vocês realizam um sonho: o diploma de curso superior. 

Um sonho pessoal, um sonho familiar, um sonho coletivo.

Certamente, os pais e os parentes aqui estão muitos felizes por isso.

Perfeito!

Vocês realizam um sonho e se formam jornalistas; são portadores de um diploma de curso superior. 

O sonho está realizado. 

Ótimo!

E o que vocês farão com isso?

Vocês usarão esse sonho para denunciar as injustiças sociais ou serão coniventes com elas?

Vocês usarão esse sonho para se indignar contra a corrupção ou vão se resignar com ela?

Vocês usarão esse sonho para apontar os problemas que afetam a cidade ou vão se calar?

Vocês usarão esse sonho para ficar do lado dos oprimidos ou vão fazer parceria com os opressores?

Pela educação que vocês receberam em casa, dos pais, dos avôs, dos tios, tenho certeza que vocês sabem distinguir o certo do errado; diferenciar o bem do mal; separar o que é necessário do que é supérfluo.

E vocês não precisam estar na capa do principal jornal, na bancada do telejornal de maior audiência, nos microfones da emissora de rádio mais ouvida ou no site com maior acesso.

Vocês podem denunciar as injustiças sociais, indignar-se contra a corrupção, apontar os problemas da cidade e do país onde estiverem. 

Além de atitude profissional, isso é uma postura pessoal.

Em casa, na escola e na universidade, vocês receberam informações para trilhar o caminho ideal neste sonho de ser jornalista.

Agora na prática, vão enfrentar obstáculos. Terão de fazer opções profissionais que afetarão a vida dos leitores, de espectadores, de comunidades e de cidades inteiras.

Por isso, faço – como professor de jornalismo – um último pedido.

Lutem pelo que é de interesse público, briguem pelo que realmente faz diferença na vida da maioria das pessoas.

Não deixem que o sonho se transforme em mera sobrevivência financeira num mercado de trabalho competitivo e, muitas vezes, desumano.

Um sonho colocado em prática para melhorar a vida da maioria das pessoas é muito mais que um sonho.

É um projeto de vida!

Obrigado e uma boa noite!

Discurso do Professor Reinaldo César Zanardi, como Paraninfo da Turma de Jornalismo da Unopar 2013.

Nenhum comentário: