quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Inquietudes (234) do Rei

A prisão - histórica - de grandes empresários e executivos brasileiros prova que a corrupção não é uma invenção petista nem tucana; nem de esquerda nem de direita, nem na Petrobrás nem no metrô de São Paulo. É uma atividade humana - desprezível. Combater a corrupção é uma tarefa mais árdua do que combater apenas alguns grupos de corruptos. E o Brasil quer mesmo enfrentar esse problema?

Nenhum comentário: