quinta-feira, 16 de abril de 2015

Realidade travestida


A intolerância contra o outro se traveste de aceitação.
O discurso de ódio se traveste de liberdade de expressão.
O preconceito se traveste de valores morais.
O desrespeito aos direitos do outro se traveste de liberdade individual.
A aniquilação de direitos humanos se traveste de religiosidade.

A difamação e a calúnia se travestem de opinião.
A desinformação se traveste de curtidas e compartilhamentos.  
O julgamento e a condenação prévia se travestem de liberdade de imprensa.
A presunção da inocência se traveste de condenação.
A manipulação se traveste de isenção e imparcialidade.

A realidade se traveste porque a sociedade - travestida de algo que não é - busca disfarces para esconder o que sempre foi. 

Imagem: Detalhe da obra “Reprodução proibida”, de René Magritte.

Nenhum comentário: