segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Acho que vou endireitar

Com o massacre da esquerda nas eleições municipais deste ano, acho que vou endireitar e passar a defender:

- o fim de políticas sociais como Fies, Bolsa Família e Cotas;
- o congelamento de investimentos sociais; 
- a privatização do SUS e da educação pública; 
- a privatização de todas as estatais;
- a cobrança de mensalidade no ensino superior público;
- a Escola sem Partido;
- a política com religião;
- o fim do casamento gay;
- o fim da ideologia de gênero;
- a propriedade e a família tradicional;
- a não descriminalização das drogas; 
- o não direito ao aborto;
- a pena de morte; 
- o armamento da população;
- a construção de mais presídios. 

Credo! O Brasil pode ter dado uma guinada à direita, mas me afirmo à esquerda mais do que nunca! 

Se você endireitou, não reclame da exclusão social que você vai ajudar a promover nos próximos anos.

Um comentário:

Luiz Bruschi disse...

De um agnóstico: " Andar com fé eu vou, a fé não costuma falhar."