quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Poderes podres


Foto: reprodução Blog do Fernando Rodrigues.

O presidente do Senado, Renan Callheiros, defende o Senado contra os juízes de primeira instância. 

A presidenta do STF, Cármen Lucia, defende o Judiciário contra o ataque do senador Renan Calheiros.

O "presidente" Michel Temer tenta apaziguar os outros dois poderes e recebe um não de Cármen Lúcia. 

Michel Temer chegou ao poder depois de trair Dilma, para agradar a elite financeira do país.

Cármen Lúcia é a nova namoradinha do Brasil por dizer o que a plateia quer ouvir.

Renan Calheiros... bem! sua ficha corrida dispensa apresentações.

Os três tentam salvar a imagem de seu poder, em um corporativismo que ajuda somente a corporação.

Executivo, Legislativo e Judiciário atiram para todos os lados.

Enquanto isso... a PEC 241 vai tirar investimentos bilionários da saúde, educação e assistência social, mas mantendo os privilégios do Executivo, do Legislativo e do Judiciário.

Temer, Calheiros e Lúcia tentam salvar a imagem dos poderes que comandam, mas nunca serão o mesmo depois do impeachment sem crime de responsabilidade.

Os três poderes são mais parecidos do que Temer, Calheiros e Lúcia gostariam.

Nenhum comentário: