quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Inquietudes (359) do Rei

Uma sociedade que comemora a morte de alguém - por motivo ideológico, político ou de classe - é uma sociedade doente, infectada pelo ódio que consome. Isso não costuma terminar bem.

Nenhum comentário: