domingo, 16 de julho de 2017

Alma de patrão

Faz sentido o governo ilegítimo daquele um demolir a CLT. Afinal, o impeachment de Dilma foi para colocar Temer na Presidência para - além de estancar a porra da Lava-Jato - destruir direitos trabalhistas e políticas públicas.

Não é surpresa ver a elite comemorar esse quadro porque é da natureza perversa de quem domina. Agora, ver dominados repetindo o discurso da modernização das leis é de uma tristeza sem fim.

Empregado com alma de patrão continua sendo empregado (ou desempregado), mas sem direitos e qualidade de vida. Quem aplaude o desmonte do estado de bem-estar social pode acabar vítima do próprio aplauso.

Nenhum comentário: