domingo, 16 de julho de 2017

Todos, mas nem tanto

Todos os políticos corruptos têm de ser punidos, mas Lula solto incomoda mais que Aécio solto.

Todos os governos têm de respeitar a lei, mas as panelas relinchavam contra Dilma e emudecem contra Temer.

Todos são iguais perante a lei, mas contra os adversários não é necessária prova cabal, basta convicção.

Todos os partidos são iguais, mas o PT é o mais corrupto de todos os tempos.

Político não presta, mas os do campo ideológico oposto prestam menos ainda.

O meu partido é o Brasil, mas não me incomodam a destruição da CLT, a demolição da Previdência, a desvastação das políticas sociais.
   
As jornadas de junho de 2013 mostraram que movimento político apolítico e apartidário é tomado e usado por quem faz política partidária da pior espécie.
   
E você continua acreditando que política não se discute?

Nenhum comentário: